ANGARIAÇÃO DE FUNDOS PARA CÂMERA DE FILMAR DO PROJECTO

FUNDRAISING FOR THE PROJECT FILM CAMERA

"A Música Moçambicana a gostar dela própria, é um Projecto que nasce em tempos de Pandemia, por forma a exaltar o lado bom das pessoas, aquele que só a Boa Música consegue despertar, sempre.

Tem como Fonte de Inspiração, efectivamente, o Projecto a MPAGDP, e após solicitação / apresentação ao Tiago Pereira desta eventual possibilidade / exequibilidade, foi desde o início acolhido com muito carinho e boa vontade. O Tiago Pereira e a sua equipa são a nossa Alma Mater por assim dizer e os mensageiros, assumindo ainda a direcção artística.

O Projecto junta colaboradores do Norte ao Sul de Moçambique, dos 14 aos 44 anos, que de forma pro-bono e tendo por auxílio apenas os seus telemóveis na maior parte dos casos, executam pequenos filmes de 2 a 4 minutos, filmes esses onde as Estrelas são os próprios Moçambicanos, dos 8 aos 80, das crianças aos anciãos.

Os primeiros filmes foram efectuados na Cidade de Pemba, Província de Cabo Delgado, Norte de Moçambique e demonstram que as pessoas seguem com a sua vida, apesar de todas as calamidades das quais têm vindo a ser alvo nos últimos anos (furacão Kenneth, guerrilha, inundações, Covid19, para além das “comuns” malária, surtos de cólera, etc…).

Temos colaboradores noutras Províncias, tais como Maputo e dentro em breve aspiramos a ter colaboradores de todas as Províncias, cobrindo assim todo o território de Moçambique. Estamos a fazer esforços para tal.

Neste lote de primeiros colaboradores contamos com e agradecemos a disponibilidade demonstrada por:

Ana António João Valente, Carlos Guedes, Emília José Nhaguilunguane, Ivan Sumaila, Jamal Anli, Micas Cuco e Osvaldo Bernardo Marrame. Todos eles Moçambicanos de gema.

Mas para tudo correr melhor, e para os vídeos terem melhor qualidade seria preciso fazer chegar a esta gente, uma pequena Câmera com microfone e protetor de vento, que custa mais ou menos 700 euros, estamos assim a abrir uma angariação de fundos para o efeito, acreditamos que o projecto ganhará muito com isto.

Acreditamos que o Mundo necessita de Projectos assim, que exaltem os verdadeiros Heróis do Quotidiano, exemplos a seguir como forma de valorizar o que é Verdadeiramente Nosso, a Nossa Identidade enquanto Humanidade. A Música forma esses laços de ligação, através da sua própria Linguagem de Amor e União.

E a Música, tal como o Amor, tudo vence no final, pois está presente em cada acto diário. "

Marco Valente

coordenador local

Tiago Pereira Mensageiro e Director artístico.

"Mozambican Music enjoying itself, is a Project that was born in times of Pandemic, in order to exalt the good side of people, the one that only Good Music can awaken, always.

Its source of inspiration is the MPAGDP (Portuguese Music Enjoying Itself Project), and after requesting / presenting Tiago Pereira with this eventual possibility / feasibility, it was welcomed with great affection and goodwill since the beginning. Tiago Pereira and his team are our Alma Mater as they were the messengers, taking also on them the artistic direction.

The Project brings together collaborators from the North to the South of Mozambique, from 14 to 44 years old, who in a pro-bono way and with the assistance of only their mobile phones in most cases, make short films of 2 to 4 minutes, films where the Stars are the Mozambicans themselves, from 8 to 80, from children to elders.

The first films were shot in the City of Pemba, Cabo Delgado Province, Northern Mozambique and demonstrate that people go on with their lives, despite all the calamities they have been facing in recent years (Hurricane Kenneth, guerrilla, floods, Covid19, in addition to the “common” malaria, cholera outbreaks, etc…).

We have collaborators in other Provinces, such as Maputo and soon we hope to have collaborators from all Provinces, thus covering the entire territory of Mozambique. We are making our best efforts to achieve this purpose.

In this batch of first collaborators, we count on and thank the availability shown by:

Ana António João Valente, Carlos Guedes, Emília José Nhaguilunguane, Ivan Sumaila, Jamal Anli, Micas Cuco and Osvaldo Bernardo Marrame. All of them Mozambican Born.

But for everything to go better, and for the videos to have better quality, it would be necessary to reach to these Team, a small Camera with microphone and wind protector, which costs about 700 euros, we are thus opening a fundraising for this purpose, we believe that the project will gain a lot from this.

We believe that the World needs Projects like this, that exalt the true Heroes of Everyday Life, examples to follow as a way of valuing what is Truly Ours, Our Identity as Humanity. Music forms these bonds of connection, through its own Language of Love and Union.

And Music, like Love, everything wins in the end, because it is present in every daily act. "

Marco Valente

local coordinator

Tiago Pereira Messenger and Artistic Director.

////////////////////////////////////